Em final épica, Naomi Osaka conquista no Australian Open e é a nova número 1 do MUNDO

Por José Morgado - Janeiro 26, 2019

Uma estrela… sem limites. Naomi Osaka conquistou este sábado pela primeira vez o Australian Open, juntando este título ao surpreendentemente alcançado no US Open, há quatro meses e meio, para se tornar na nova número um mundial, com apenas 21 anos. A japonesa, que já era a mais jovem tenista em mais de uma década a chegar à final de dois Grand Slams consecutivos (desde Ana Ivanovic, em 2008) torna-se agora na primeira jogadora desde Jennifer Capriati a ganhar o seu primeiro Major logo após um primeiro título.

Num final de sonho, em que estava em jogo não só o título no primeiro Grand Slam de 2019 como a liderança do ranking WTA, Osaka derrotou a checa Petra Kvitova, de 28 anos, por 7-6(2), 5-7 e 6-4, num encontro dramático em que chegou a desperdiçar uma vantagem de 5-3 e 40-0 no segundo set…

O encontro correspondeu às expetativas e contou com um primeiro set muito equilibrado e de grande nível, com as duas jogadoras a dispararem winners de todos os lados do court. Kvitova até foi quem esteve mais perto de fazer o break, mas depois de 12 jogos sem quebras foi Osaka a ser superior no tie-break, impondo-se por 7-2.

Osaka transportou o ascendente para o segundo set e parecia embalada para a vitória mas… Kvitova não desistiu. A checa deu a volta a uma desvantagem de 3-5, 0-40 no segundo set, ganhou os últimos quatro jogos e empurrou a decisão para um terceiro e decisivo parcial. Depois de chorar na sequência da perda do set, a japonesa recompôs-se, passou para a frente do terceiro set e desta feita não tremeu.

O ténis tem uma nova rainha.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.