Nadal quis conhecer melhor a apanha-bolas a quem se desculpou com um beijo

Por Bola Amarela - Janeiro 24, 2020

A história que tem enternecido o Open da Austrália e os aficionados do ténis um pouco por todo o mundo tem continuação. Depois do encontro terminar, Rafael Nadal quis certificar-se que a apanha-bolas a quem acertou com uma bola e se apressou a beijar na face como forma de se desculpar.

“Estou muito contente por saber que a Anita está bem. Tive a oportunidade de conhecê-la, a ela, ao seu irmão Mark e aos pais. Obrigada”, escreveu o maiorquino na legenda da selfie que tirou com a jovem de 13 anos e que partilhou no Instagram, aproveitando a ocasião para a presentear com um chapéu, onde se podia ler “para a minha amiga Anita. Tudo de bom”.

Após o incidente, Nadal confessou que “foi dos momentos mais assustadores num court de ténis”, motivo que o fez procurar Anita depois do treino de preparação do confronto da terceira ronda com o seu amigo e compatriota Pablo Carreno Busta.

Já para Anita Birchall, que se estreou como apanha-bolas na Rod Laver Arena no encontro de Nadal, leva daquele incidente uma história “incrível” para contar, conforme confessou à imprensa. “Não queria acreditar que ele ia interromper o encontro, fiquei muito sensibilizada pela sua generosidade; ele é o meu jogador favorito”.

 

Bola Amarela