Nadal alerta para Tiafoe: «Sei que vai ser um desafio muito grande»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Setembro 4, 2022

Depois de exibições menos conseguidas a abrir o US Open, Rafael Nadal despachou Richard Gasquet — pela 18.ª vez na carreira — e garantiu um lugar nos oitavos-de-final. No rescaldo do encontro, considerou que foi a sua melhor exibição e já olhou para o duelo com Frances Tiafoe.

BOAS SENSAÇÕES

Foi o meu melhor encontro do torneio, sem dúvida. É a primeira vez que ganho em três sets nesta edição. Ele subiu o nível no terceiro e igualou tudo, mas estou muito feliz por estar nos oitavos-de-final.

PRÓXIMO ADVERSÁRIO É FRANCES TIAFOE

Está a jogar muito bem, melhorou muito. Agora é mais sólido do que antes. Tem mais encontros e anos no circuito, o que lhe dá mais experiência. É um tenista com muita paixão, muito enérgico. Sei que vai ser um desafio muito grande e que preciso de aumentar o meu nível e a minha intensidade em court para poder derrotá-lo.

COMPARAÇÃO COM RONDA ANTERIOR

Agora foi mais normal. No outro dia, durante hora e meia, podia perder. Foi uma situação anormal dentro da minha forma de competir e do meu nível de ténis. Às vezes acontece, mas por sorte safei-me. Agora foi tudo muito rápido, embora o 6-0 tenha sido enganador porque todos os jogos foram muito equilibrados. Não podia ganhar 6-0, 6-1 e 6-1 a um jogador como ele. Richard aumentou o nível e nessa transição de nível ficas surpreendido. O terceiro set foi como deve ser contra um jogador como ele.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.