Musetti foi ameaçado com multa de 25 mil euros se não jogasse Next Gen Finals… lesionado

Por Pedro Gonçalo Pinto - Dezembro 3, 2022

Lorenzo Musetti uma excelente segunda metade da temporada, com os dois primeiros títulos da carreira e vários resultados notáveis. No entanto, como o próprio treinador diz, começou a ficar sem gasolina e terminou esgotado, sendo que tinha decidido desistir das Next Gen Finals, que se jogaram em Milão, até porque também tinha dores num dos braços. A questão é que houve uma ameaça por parte da Federação Italiana, como referiu Simone Tartarini.

“Estava completamente esgotado. E esse problema agravou-se com o crime de Milão, onde tínhamos cancelado a participação depois do encontro de Paris Bercy contra Djokovic, também para respirar para a Taça Davis. O Lorenzo tinha um pouco de dor no braço e a FIT entendeu muito bem e deu-nos luz verde. Os organizadores confirmaram que não precisávamos de atestado médico, mas mudaram de ideias no dia seguinte e ameaçaram-me com uma multa de 25 mil euros se não fossemos”, revelou o treinador do jovem italiano.

Além de explicar ainda que Matteo Berrettini jogou o par na Taça Davis porque Simone Bolelli se lesionou, Tartarini falou sobre os objetivos de Musetti para 2023. “O nosso objetivo é consolidar o progresso realizado e o ranking será uma consequência. Estamos em 23.º, mas claro que olhamos um pouco. Quanto a ser número um de Itália, depende dos outros também. Lorenzo está muito mais perto do que no início da época. Agora percebe o que tem de fazer para continuar neste nível e subir. Há que ter presente o exemplo de Shapovalov, que está no top 20 há anos, mas nunca evoluiu daí”, atirou.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.