Munar trouxe o melhor amigo de Nadal para Lisboa e explicou porque veio cá e não a Alicante

Por José Morgado - Outubro 13, 2020

Jaume Munar, jovem espanhol de 23 anos, é o primeiro cabeça-de-série da edição de 2020 do Lisboa Belém Open, no CIF. O tenista maiorquino, que treina na Academia de Rafael Nadal, é o único tenista do país vizinho a jogar na capital portuguesa, uma vez que todos os outros foram para o Challenger de Alicante, que se joga esta semana junto à costa espanhola.

“Eu sou de Maiorca. Viajei para o Challenger de Barcelona e lá não tenho carro. Os jogadores espanhóis foram todos de carro de Barcelona para Alicante, que são cerca de quatro horas, mas para mim a ligação ficou mais fácil de avião para Lisboa. Eu sou espanhol, mas não sou um daqueles que acha que o meu país é melhor do que o dos outros. Joguei aqui há dois anos, fui muito bem tratado e as condições são boas para mim”, admitiu.

Munar revelou ainda ter visto a final de Roland Garros em Lisboa com o seu treinador, Tomeu Salva Vidal, o melhor amigo de Rafa Nadal, e falado com campeoníssimo minutos depois do encontro terminar. “Falámos depois do encontro. Não sei se ele é o melhor de todos os tempos, mas é um dos melhores. É uma inspiração para mim e um grande amigo. Tem-me tentado ajudar em tudo aquilo que pode. Eu sou um daqueles que o conheço no dia a dia e sei o quanto ele trabalha”.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.