Monteiro: «Estive arrepiado com o público de início ao fim»

Por Bola Amarela - Fevereiro 16, 2022
Monteiro
Foto: Bruno Alencastro/Bola Amarela

Thiago Monteiro, número um do Brasil, manteve ontem o país vivo em singulares no Rio Open, ao passar à segunda ronda com um triunfo sobre o jovem argentino Sebastian Baez. No final do encontro, o tenista de Fortaleza estava naturalmente contente com o triunfo e agradeceu o apoio do público.

“Sem dúvidas que essa energia faz toda a diferença e senti o apoio do início ao fim, estive arrepiado do início ao fim. O Baez é um rival muito difícil, nos dois últimos encontros tinham sido fáceis para ele, hoje começou e eu levei um 6-1, estava desesperado, à procura de uma solução, mas senti-me bem, sabia que estava a treinar bem e esta é uma vitória muito importante, que me dá confiança”, disse o brasileiro atual 106 do ranking.

“Os dois, três primeiros jogos foi muito duros, poderiam ter ido para qualquer lado, ele acabou por abrir uma vantagem grande e isso teve impacto em mim, mas sabia que poderia mudar, estava confiante no que estava a fazer, tentei motivar-me e senti a energia de toda a gente”, assegurou.

Thiago Monteiro vence batalha e mantém Brasil vivo em singulares no Rio Open

E agora vem aí… Matteo Berrettini, primeiro cabeça-de-série. “Nós treinamos para enfrentar este tipo de jogadores, estava muito ansioso para avançar desta primeira ronda. Já ganhei a jogadores do top 10 aqui . Estou motivado para este jogo, confiante no meu jogo e espero voltar a ter o apoio do público”.

Bola Amarela