Monfils irrita-se com jornalistas franceses: «Quantos países sonham ser como nós?»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Setembro 25, 2021

Gael Monfils, atual 20.º do ranking ATP, está nas meias-finais em Metz, mas foi o único francês a chegar sequer aos quartos-de-final do torneio gaulês. La Monf foi questionado precisamente sobre esse facto por um jornalista da casa e irritou-se com a situação, por considerar que não faz sentido criticar tanto o ténis francês.

“Temos de parar com esta coisa de falar dos zero franceses nas fases finais dos torneios. Os que perderam aqui eram favoritos? Não tenho a certeza. É difícil apontar-lhes o dedo. É difícil o suficiente perder. Todos querem ganhar, ninguém perde de propósito. Sim, se calhar não estamos fantásticos esta semana. Sim, talvez seja melhor na próxima. Sim, foi difícil nos Grand Slams este ano. Mas isto não é o fim”, começou por afirmar.

Mas Monfils foi mais longe e traçou mesmo uma comparação. “Quantos países sonham ser como nós e ter tantos jogadores como nós no ranking? Somos uma grande nação de ténis, mesmo que seja um pouco difícil de vez em quando. Não devemos colocar-nos demasiado no topo quando jogamos bem, mas não devemos apontar muito o dedo quando perdemos. Isso dói e espero que mude rapidamente. Este período foi difícil, mas vamos voltar”, destacou.

No que diz respeito a Monfils, o tenista de 35 anos caiu esta sexta-feira nas meias-finais de Metz com Pablo Carreño Busta.

Pedro Gonçalo Pinto