Medvedev regressa a Wimbledon dois anos depois com boa vitória

Por José Morgado - Julho 5, 2023
medvedev

Daniil Medvedev, número três do Mundo e um dos melhores jogadores da temporada — cinco títulos, entre os quais dois Masters 1000 em Miami e Roma –, regressou esta quarta-feira a Wimbledon dois anos depois (em 2022 esteve banido pelo facto de ser russo) com uma boa vitória para se qualificar para a segunda ronda um dia depois daquilo que teria gostado por causa da chuva…

O russo de 27 anos, um dos candidatos a chegar às rondas finais em Londres, derrotou o britânico Arthur Fery (391.º ATP, mas de ranking enganador pelo facto de competir no circuito universitário norte-americano), por 7-5, 6-4 e 6-3, num duelo equilibrado, resolvido em pouco mais de duas horas e resolvido somente na fase final de cada um dos sets.

Numa jornada muito atrasada pela chuva, Grigor Dimitrov e Jiri Lehecka foram outros dos primeiros vencedores masculinos esta quarta-feira.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt