Medvedev e o maior protagonismo a outros tenistas da NextGen: «Não me chateia nada essa situação»

Por Nuno Chaves - 24 Abril, 2019
medvedev

Daniil Medvedev viveu a melhor semana da carreira em terra batida ao atingir as meias-finais do ATP 1000 de Monte Carlo, tendo derrotado, pelo caminho… Novak Djokovic. O tenista russo encontra-se esta semana em Barcelona e deu uma entrevista ao site Punto de Break, onde abordou vários temas.

Um dos temas foi o facto do mundo do ténis dar muito mais protagonismo a jogadores da nova geração como Denis ShapovalovStefanos Tsitsipas ou Felix Auger-Aliassime“Tento não pensar demasiado nisso. Sei que se entrar no top 10 ou me classificar para o Masters, vou ter a atenção da imprensa. Não me chateia nada essa situação”, confessou o jovem de 23 anos.

Medvedev explicou também o momento em que se focou em definitivo na modalidade, já que no ano passado chegou a estar fora do top 80. “Creio que foi quando comecei a ver o ténis de uma forma diferente. Antes via o ténis como o meu trabalho mas procurava o caminho mais fácil. Tudo mudou na pré temporada de 2018. Comecei a dedicar a minha vida ao ténis e fiz tudo o que pude para me tornar num melhor tenista. Tudo se centra no trabalho”, admitiu o atual número 14 mundial.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.