Medvedev desistiu de pares e o seu parceiro brasileiro arrasou as regras do ATP

Por Nuno Chaves - 20 Abril, 2019

Marcelo Demoliner é um nome pouco conhecido entre o público em geral mas o brasileiro veio a público mostrar o seu desagrado com as regras do ATP. O jogador era o parceiro de Daniil Medvedev na variante de pares em Monte Carlo e os dois iam jogar os quartos de final da competição.

O que acontece é que Medvedev, para se focar nos singulares, optou por desistir dos pares. Com esta decisão, Demoliner não recebeu os respetivos pontos e prize money referentes a esta fase da prova, tudo porque nos pares, quando um jogador desiste, fica quer ele, quer o seu parceiro, com os pontos e o prize money da ronda anterior, algo que não acontece, por exemplo, nos singulares.

Demoliner veio mostrar o seu desagrado nas redes sociais. “É uma pena que, por causa da regra do ATP, vou perder os pontos e prize money dos quartos de final por não ter entrado em court. Sei que as regras são feitas para serem cumpridas mas é frustrante saber que essa regra só existe nos pares”, confessou.

O especialista na variante de pares pede igualdade nas duas variantes. “A discussão é longa mas acho que deviam mudar alguma coisa nessa regra, pelo menos para que seja mais justa para nós que jogamos pares. Lutamos para chegar aos maiores torneios, para ganhar mais pontos e dinheiro para melhorarmos a nossa estrutura de trabalho e o ATP dificulta ainda mais com esse tipo de regras. Tira-nos algo que já tínhamos conquistado”, concluiu.

 

View this post on Instagram

 

Me despedindo do ATP Masters 1000 de Monte Carlo, contente com meu desempenho em quadra e com o balanço positivo da semana, mas com um sabor de quero mais. Infelizmente meu parceiro não pôde jogar as quartas de final. De qualquer forma, só tenho a agradecer o Medvedev pela oportunidade e lhe desejo todo sucesso, nas semifinais de simples. Uma pena que na regra da ATP vou perder os pontos e a premiação das quartas de finais, por não ter entrado em quadra ontem. Sei que regras são feitas para serem cumpridas, porém é frustrante saber que essa regra só é imposta na chave de duplas. A discussão é longa, mas acho que deveriam adicionar algo nessa regra, pelo menos para que seja um pouco mais justa para nós duplistas. A gente luta pra chegar nos torneios grandes, ter pontuações e premiações melhores para melhorar nossa estrutura de trabalho e a ATP dificulta ainda mais com esse tipo de regra, que nos tira algo já conquistado! Na minha opinião, acredito que seria fácil e simples de se corrigir. Segue aqui meu apelo! Continuamos lutando. Vamos em frente.

A post shared by Marcelo Demoliner (@mdemoliner) on

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.