McEnroe compreende atitude de Serena: «Eu teria feito pior»

Por Bola Amarela - 13 Setembro, 2018

Conhecido por não dispensar um bom arrufo com os árbitros enquanto jogador, John McEnroe diz conseguir entrar facilmente na pele de Serena Williams durante a final feminina do Open dos Estados Unidos, no sábado passado. O antigo número um mundial e atual comentador não estranhou nem condena a campeã de 23 Grand Slams por ter chamado “ladrão” ao árbitro português Carlos Ramos.

“Eu teria feito pior”, admitiu McEnroe à ESPN. “Ela tem razão quando diz que os homens têm tratamento diferente, sem dúvida”, acrescentou a antiga lenda norte-americana, que teve o apoio da antiga jogadora Margaret Court. “Nós sempre tivemos de cumprir as regras. E é triste para o desporto quando um jogador tenta ser maior do que as regras”.

Opinião diferente, como já referido, tem o antigo número um britânico, Greg Rusedski. “Ela estava pisar a linha com o árbitro desde o primeiro jogo do segundo set até ao 3-4, com um break de desvantagem, portanto, na minha opinião, ele fez o correto”.