Leconte, US Open e RG: «Imagino que Nadal se foque na terra batida»

Por Tiago Ferraz - Junho 24, 2020
Rafael-Nadal
REUTERS/Kai Pfaffenbach TPX IMAGES OF THE DAY – RC1C0B014020

O antigo tenista francês e ex top-5 mundial Henri Leconte deu uma entrevista ao Tennis Actu onde falou da atualidade do mundo do ténis, em particular, acerca do US Open que arranca a 31 de agosto.

“Estou um pouco surpreendido, penso que um torneio do Grand Slam não deveria ser jogado à porta fechada. Fico surpreendido com certas decisões como o cancelamento da fase de qualificação. Ou fazemos o US Open normalmente ou não o fazemos. Eliminar o quadro de lendas é algo que posso entender, mas surpreendeu-me muito que descurassem o ténis em cadeira de rodas, por exemplo. É injusto”, referiu.

Henri Leconte falou ainda do facto do US Open e de Roland Garros estarem tão perto a nível de calendário:

“Se eu fosse o Monfils, por exemplo, não ia ao US Open para preparar melhor Roland Garros. Neste caso há duas opções: os que vão jogar em piso rápido e os que vão fazê-lo em terra batida. Os norte-americanos ficariam nos Estados Unidos e os europeus iam à temporada de terra batida. (…) Imagino que, um tenista como Nadal, se foque na temporada de terra batida”, disse, citado pelo Punto de Break.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.