Kyrgios reage à desistência de Nadal do US Open: «Não fiquei surpreendido»

Por Nuno Chaves - Agosto 8, 2020
nadal-kyrgios-wimbledon

Nick Kyrgios, número 40 mundial e uma das vozes mais ativas do circuito nesta fase onde a competição ainda não regressou, reagiu à desistência de Rafa Nadal do US Open (prova que o australiano também não vai disputar).

Para Kyrgios, a decisão do número dois mundial foi a mais esperada. “Não fiquei necessariamente surpreendido com a decisão do Rafa. Acho que ele está mais com os olhos em Roland Garros. Eu se fosse jogar, definitivamente que escolhia ir à Europa nesta altura, com tudo o que está a acontecer”, admitiu, citado pelo tennisworldusa.

Em 2020 será pouco provável vermos Kyrgios em ação e, por isso, o bad boyjá olha para 2021… sem grandes expetativas. “Não estou sequer convicto de que o Australian Open vá para a frente no início do ano. Ouvi na rádio que existiram mais 700 novos casos em Melbourne. São tempos tristes em Melbourne, não sei se o Australian Open vai para a frente”, concluiu.

Recorde-se que o ténis masculino regressa de forma oficial com o ATP 1000 de Cincinnati, a 22 de agosto. A prova vai jogar-se em Flushing Meadows, palco do Open dos Estados Unidos.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.