Clijsters regressa a muito bom nível aos 36 anos, mas perde com Muguruza

Por José Morgado - Fevereiro 17, 2020
Clijsters-Dubai

Quase oito anos depois do seu último torneio — o US Open 2012 –, Kim Clijsters está de volta ao ténis. Com 36 anos e três filhos, a belga, antiga número um mundial e vencedora de quatro Grand Slams, decidiu desafiar-se, voltar a competir e as primeiras indicações foram muito interessantes, apesar da derrota na primeira ronda do fortíssimo WTA Premier do Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

A belga não conseguiu derrotar a espanhola Garbiñe Muguruza, 16.ª WTA, ex-líder mundial e recentemente vice-campeã do Australian Open, que triunfou de forma clara, por 6-2 e 7-6(6), em 1h40, num encontro em que Clijsters ameaçou uma reviravolta espetacular depois de recuperar de dois breaks abaixo na segunda partida.

 

Muguruza vai agora defrontar na segunda ronda a ucraniana Dayana Yastremska ou a russa Veronika Kudermetova, ao passo que Clijsters prepara já o próximo passo do seu regresso: o WTA International de Monterrey, dentro de duas semanas.

 

 

  • Categorias:
  • WTA
José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.