Kerber sobrevive num dos melhores encontros do ano, Gauff e Ostapenko também festejam

Por Pedro Gonçalo Pinto - Julho 1, 2021
kerber

Angelique Kerber teve de deixar tudo em court, mas encontrou forças para resistir a uma duríssima batalha com Sara Sorribes Tormo para se qualificar para a terceira ronda de Wimbledon. A alemã, campeã no All England Club em 2018 e antiga número um do mundo, sobreviveu numa maratona de 3h21, antes de finalmente levar a melhor diante da lutadora número 50 do ranking WTA.

Kerber triunfou com os parciais 7-5, 5-7 e 6-4, com incontáveis voltas e reviravoltas num duelo espectacular. A germânica salvou 13 dos 20 pontos de break que enfrentou, aproveitou 6 em 14, mas teve mesmo de sofrer muito. Basta ver que teve um match point a 5-4 no segundo e serviu a 5-3 no terceiro para concluir. Mas foi no serviço de Sorribes Tormo que Kerber conseguiu mesmo finalizar um dos melhores encontros da temporada.

Quem teve menos trabalho para vencer foi a talentosa Coco Gauff que, aos 17 anos, já está na terceira ronda do torneio que se disputa no All England Club. A norte-americana bateu a experiente Elena Vesnina, sendo que a 23.ª do ranking WTA só precisou de dois sets para fechar com os parciais 6-4 e 6-3, em pouco mais de uma hora. Gauff fica à espera para conhecer a sua próxima adversária: Kaja Juvan ou Clara Burel. Isto numa secção do quadro em que a 20.ª cabeça-de-série é a favorita em termos teóricos para alcançar os quartos-de-final, tendo em conta a eliminação de Serena Williams.

Jelena Ostapenko teve de sofrer bastante para seguir em frente. A letã viu Darya Kasatkina servir duas vezes para fechar o encontro, mas resistiu à enorme capacidade defensiva da russa para vencer por 6-1, 3-6 e 8-6.

Pedro Gonçalo Pinto