Jogos Olímpicos: conhecida a nova data e critérios de apuramento para Tóquio’2021

Por Bola Amarela - Junho 9, 2020
toquio-2020

A Federação Internacional do Ténis (ITF) anunciou esta terça-feira que a lista de apurados para os Jogos Olímpicos Tóquio’2020, adiados para 2021, será determinada pela disposição dos rankings ATP e WTA a 7 de junho desse ano, ou seja, as primeiras classificações depois de Roland Garros.

Em comunicado publicado no site oficial, o organismo explicou que o restante processo de apuramento se mantém inalterado, com um quadro de 64 tenistas, tanto para o torneio masculino, como para o feminino.

Os rankings determinam o preenchimento automático de 56 vagas do quadro de singulares, com um limite máximo de quatro por país, enquanto as restantes oito serão completas com convites endereçados pela ITF.

Na Europa e Oceânia, a qualificação será dada ao jogador mais bem classificado no ranking e que pertença a um país que ainda não esteja representado no grupo dos 56 apurados, enquanto na América do Norte, América do Sul, Ásia e África serão realizados torneios de apuramento, que estão abertos a tenista dentro do top 300.

Recorde-se que João Sousa, número 66 ATP (o ranking mantém-se congelado), já tinha apuramento para garantido para os Jogos em 2020, mas assim terá de manter (ou melhorar) a sua classificação para segurar a sua posição.

Bola Amarela