Jogador suíço garante ter vencido a adversários que perderam de propósito

Por José Morgado - 23 Março, 2019

Johan Nikkles, jovem suíço de 21 anos, é mais um tenista a sofrer constantes ameaças de apostadores nas redes sociais. O atual 666.º colocado do ranking ATP, mais habituado a jogar no circuito Future, optou não apenas por denunciar as ameaças que sofreu como concedeu uma longa entrevista ao jornal argentino ‘La Nación’, que nos últimos tempos também deu eco a denúncias semelhantes por parte do argentino Marco Trungelliti.

“Este ano joguei um Future em Espanha em que do nada apareceu um enorme grupo de apostadores, atrás de umas árvores. Apostavam enquanto fumavam marijuana. Os organizadores não podiam expulsá-los, porque eles estavam na parte de fora do clube, mas a verdade é que nós é que temos de levar com o cheiro. São situações lamentáveis, especialmente quando se acumulam, geram cansaço”, admitiu em entrevista.

Nikkles assegura mesmo ter sentido algumas vezes que ganhou encontros em que os seus adversários… não queriam vencer. “Espanha, Portugal e Itália são os piores países em termos de apostadores. Passam-se coisas incríveis, estranhas. Tudo muito bem organizado. Nunca senti medo, nunca me chatearam muito e as ameaças online nunca se concretizaram, mas não posso dizer o mesm0o em relação a muitos dos meus colegas. Em várias situações já tive a noção de que ganhei encontros com adversários a perderem de propósito”.

 

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.