João Sousa verga Monteiro e joga acesso à final de Lisboa com Faria

Por Tiago Ferraz - Julho 3, 2020
João-Sousa-Lisboa
FOTO FPT

Dia D no Lisboa Racket Centre para João Sousa que carimbou o passaporte para as meias-finais da etapa lisboeta do circuito sénior da Federação Portuguesa de Ténis depois de bater João Monteiro por 6-4 e 6-2.

A primeira partida começou com muito equilíbrio uma vez que João Monteiro deu algum trabalho a Sousa no primeiro jogo de serviço, mas logo de seguida João Sousa elevou o nível e provocou a primeira quebra de serviço no encontro, com jogo em ‘branco’ (2-1) e serviu para o 3-1 com facilidade.

Com o break de vantagem, João Sousa esteve tranquilo, subiu o nível, esteve bem na linha de fundo e chegou ao 4-2, no sexto jogo, cedendo apenas um ponto na sua pancada de serviço. Depois de um início difícil, João Monteiro equilibrou e deixou o parcial sempre na margem mínima (4-3).

No nono jogo, João Monteiro deu um ar de sua graça, protagonizou, porventura, um dos melhores pontos do encontro a 40-15 e, depois disso, fechou o seu jogo e reduziu a desvantagem para 4-5, deixando Sousa a servir para a vitória no primeiro parcial algo que viria mesmo a confirmar (6-4).

Na segunda partida, o equilíbrio voltou a ser nota dominante, mas João Sousa continuou com muitas variações de jogo e foi mesmo o primeiro a provocar o desequilíbrio no parcial, no terceiro jogo, tal como no set inicial (2-1) e teve bola de serviço para chegar ao 3-1. O vimaranense começou a evidenciar uma boa superioridade e encetou esforços para fazer novo break, no quinto jogo (4-1), mas Monteiro fez o contra break quando já perdia por 0-40 e reduziu a diferença para 2-4.

Ainda assim, o vimaranense deu uma resposta bastante afirmativa e fez novo break, de seguida, para chegar ao 5-2 e teve serviço na mão para concluir o encontro com um parcial de 6-2.

João Sousa vai defrontar o vencedor do grupo 3, Luís Faria, que beneficiou da desistência de Gastão Elias no encontro entre ambos quando Faria já vencia por 5-0 no primeiro set.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.