João Sousa não aproveita quatro set points seguidos e acaba eliminado em Montpellier

Por Nuno Chaves - Fevereiro 3, 2020
sousa-montpellier

João Sousa, número um nacional, foi esta segunda-feira eliminado na primeira ronda do ATP 250 de Montpellier, após ceder para um tenista da casa.

O vimaranense, que ainda procura a primeira vitória na temporada de 2020, não conseguiu ultrapassar Gregoire Barrere e perdeu com os parciais de 6-2 e 7-6(6), ao cabo de 1h45 minutos de jogo.

Sousa voltou a mostrar que ainda não tem a sua confiança e ritmo totalmente a 100%, uma vez que esteve lesionado no pé durante praticamente toda a pré-temporada e, apesar de no segundo set até ter conseguido recuperar de break abaixo e de ter duas oportunidades para ficar com 4-3 e serviço, Barrere acabou por se superiorizar na parte final… de forma dramática.

É que João Sousa esteve a vencer no tie-break por 6-2 mas só que não conseguiu aproveitar nenhuma das quatro oportunidades, enquanto que o gaulês, à primeira chance, fechou o jogo.

O encontro ficou também marcado pelo baixo aproveitamento de break points do jogador luso: em oito break points, converteu apenas um.

O francês vai defrontar nos oitavos de final da competição o búlgaro Grigor Dimitrov, quarto cabeça-de-série. Quanto a João Sousa, vai ainda jogar a variante de pares e, na próxima semana, regressa aos singulares no ATP 500 de Roterdão.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.