João Sousa: «As finais são sempre para tentar vencer, seja um ATP ou o Campeonato Nacional»

Por admin - 11 Novembro, 2017

Foi com uma vitória sobre o antigo número um nacional Frederico Gil que o melhor jogador português da atualidade garantiu um lugar na final do Campeonato Nacional Absoluto/Taça Guilherme Pinto Basto 2017. João Sousa, 59.º do ranking mundial, revelou-se naturalmente satisfeito com o “ótimo encontro” que protagonizou.

“Dominei o encontro do princípio ao fim, o meu nível esteve um bocadinho por cima do dele durante todo o encontro. A verdade é que hoje fui superior a ele”, analisou o vimaranense. “A verdade é que estive com mais confiança do que nos primeiros dias. O primeiro dia foi um bocadinho difícil para mim, mas consegui adaptar me às condições”, acrescentou.

Tendo disputado o Campeonato Nacional Absoluto a primeira e única vez em 2005, o pupilo de Frederico Marques diz estar na Beloura Tennis Academy para nada mais do que tentar levantar a taça. “O meu objetivo é tentar vencer. É mais um torneio para mim, venho para tentar vencer. A vontade de vencer é a mesma, seja o ATP, seja o Campeonato Absoluto”.

Na final, o português de 28 anos vai ter pela frente José Ricardo Nunes ou Daniel Rodrigues. “Não olho ao ranking do adversário, as finais são para tentar vencer, independentemente de ser um ATP ou um nacional. A importância que dou a ambos é exatamente a mesma, vou preparar-me bem e dar o meu melhor”, garante.