João Monteiro: «Era de uma batalha destas que eu precisava»

Por José Morgado - Julho 16, 2020
joao-monteiro

João Monteiro, antigo top 250 do ranking mundial que caiu muito no ranking ao longo do último ano e meio devido a graves problemas físicos, teve uma entrada algo lenta no circuito sénior da Federação Portuguesa de Ténis mas esta quinta-feira viveu finalmente um grande momento, ao bater Duarte Vale, um dos tenistas em maior destaque nas últimas semanas, rumo aos quartos-de-final do Campeonato Nacional Absoluto, prova que já venceu por duas vezes, em 2016 e 2018.

O portuense de 26 anos não escondeu no final que esta foi uma vitória importante para a sua confiança. “Sinto-me cansado, mas muito bem. Foi uma grande batalha, mas era uma batalha destas que precisava. Não melhor treino do que as vitórias.”

Monteiro ficou contente por reagir bem à perda do primeiro set. “Sinto que depois de partir a raqueta no final do primeiro set soltei um pouco de raiva. Sou bastante calmo, mas toda aquela frustração tinha de sair por algum lado. Foi dos encontros em que servi melhor em toda a minha vida. Foi muito desgastante mas estou muito feliz por ter batido um grande jogador”, confessou, antes de admitir que as últimas semanas não foram fáceis. “Dá muita força ganhar este tipo de encontros. Ter o discernimento de jogar o meu melhor ténis no terceiro set mostra que estou preparado. As poucos, o trabalho está a valer a pena.”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.