Isner revolta-se com situação de Djokovic: «Não há justificação para o tratamento que está a receber»

Por Bola Amarela - Janeiro 7, 2022
isner

Nick Kyrgios surpreendeu ao sair em defesa de Novak Djokovic, mas não foi o único. Cada vez mais tenistas chegam-se à frente para se mostrarem revoltados com a situação que o número um do mundo está a viver, num momento em que está detido num hotel para refugiados a tentar lutar contra uma ordem de deportação. John Isner foi um dos últimos a manifestar o desagrado através das redes sociais.

“Aquilo por que Novak está a passar não está certo. Não há justificação para o tratamento que está a receber. Ele seguiu as regras, foi autorizado a entrar na Austrália e agora está detido contra a sua própria vontade. Isto é uma vergonha”, escreveu o gigante norte-americano na sua conta de Twitter.

Quem também marcou uma posição foi a Professional Tennis Players Association, organismo criado pelo próprio Djokovic e por Vasek Pospisil. “Com o maior respeito por todas as visões pessoais sobre vacinação, tanto os atletas vacinados como não vacinados deviam ter a liberdade para competir. Vamos continuar a apoiar os nossos membros e todos os jogadores”, pode ler-se.

Bola Amarela