Espanha derrota Polónia (que perdeu jogador com covid-19) e regressa à final da ATP Cup

Por José Morgado - Janeiro 7, 2022

A Espanha, uma das maiores potências do ténis mundial nas últimas décadas, voltou a mostrar esta sexta-feira que, mesmo sem Rafael Nadal, podem lutar pelas principais competições de equipas. Liderados por Roberto Bautista Agut e Pablo Carreño Busta, a formação do país vizinho qualificou-se para a final da ATP Cup pela segunda vez em três edições, ao derrotar nas meias-finais a equipa da Polónia, num dia que ficou marcado por um caso de covid-19, que afastou o polaco Kamil Majchrzak, número dois do país.

O ATP Tour permitiu que os polacos disputassem na mesma a meia-final, mas a Espanha resolveu o assunto em singulares. Pablo Carreño Busta (20.º ATP) despachou, como se esperava, o especialista de pares Jan Zielinski, chamado a singulares para substituir Majchrzak, por 6-2 e 6-1, em menos de uma hora, antes de Roberto Bautista Agut (19.º) vencer um dos melhores encontros da semana diante do polaco Hubert Hurkacz (9.º), por 7-6(6), 2-6 e 7-6(5), em quase três horas de batalha.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//twitter.com/ATPCup/status/1479406169567469570

A Espanha aguarda pelo vencedor da segunda meia-final, entre Rússia, campeões em título, e Canadá, para saberem quem defrontam na final de domingo.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt