Indignado, Tsitsipas responde aos críticos: «Se fizesse alguma coisa de mal tinham-me penalizado»

Por Nuno Chaves - Setembro 2, 2021
Foto: EPA

A polémica voltou a instalar-se com nova ida de Stefanos Tsitsipas à casa de banho após perder o terceiro set com Adrian Mannarino e, desta vez, o público do US Open não teve meias medidas e apupou o grego.

O número três mundial, que acabou depois por vencer por 6-0 e qualificar-se para a terceira ronda, reagiu mais tarde a este momento e… não compreendeu a má reação dos adeptos. “Eu não fiz nada de mal, não entendo estes assobios. As pessoas amam o desporto e vêm ver o ténis, não tenho nada contra eles. Gosto muito deles mas há pessoas que não percebem nada disto. Não jogaram ténis a um nível alto para entender o esforço e o quão complicado é fazer o que fazemos. Às vezes precisamos de um descanso”, atirou em conferência de imprensa.

Tsitsipas reforçou a sua posição e até relembrou que há quem quebre outras regras. “Isto são as minhas necessidades pessoais. Alguns têm outras. Alguns tenistas levam muito mais que 25 segundos entre os pontos, o que é justo. Por favor digam-me que é justo. Acontece. Eu não tenho nada contra nenhum jogador e nunca reclamei com o que fazem”.

E sobre as críticas de alguns colegas, nomeadamente Alexander Zverev“Não entendo quando alguns jogadores criticam outros jogadores ou durante um jogo colocam muito ênfase nisso. O jogo é o jogo. Não vai mudar. Não entendo. Eu fiz tudo correto, se não, teria sido penalizado. Devia ser multado ou penalizado se não tivesse feito as coisas corretas mas isto é uma necessidade que tenho quando estou a jogar, a atuar”.

Tsitsipas aproveitou também para responder às novas críticas de Andy Murray“Já disse que devíamos ter falado porque eu segui as regras. Não quebrei nada, nenhuma regra. Acho que há a regra que não especifica o tempo que temos de gastar na casa de banho”, concluiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.