Henrique Rocha e Matilde Jorge revalidam títulos nacionais de sub-16

Por Bola Amarela - Setembro 6, 2020
henrique-rocha-matilde-jorge

Matilde Jorge e Henrique Rocha revalidaram os títulos de campeões nacionais de singulares no escalão de sub 16.

Primeira cabeça de série, a jogadora do Clube de Ténis de Guimarães, que integra a equipa do Centro de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Ténis, voltou a superiorizar-se a Mafalda Guedes (Escola de Ténis da Maia) para ficar com o mais desejado dos troféus, desta vez graças aos parciais de 7-5 e 6-4. É sempre bom ganhar um Campeonato Nacional e neste caso estou muito feliz por ter conseguido revalidar o título”, começou por revelar a jovem tenista de 16 anos.Os encontros contra a Mafalda são sempre difíceis, ela é uma grande amiga minha e eu sabia que íamos entrar as duas a jogar para ganhar.”

Apesar do desair em singulares, Mafalda Guedes despediu-se do histórico complexo de Oeiras com dois troféus de campeã. Isto porque menos de 24 horas depois de ter conquistado a variante de pares femininos, com Matilde Morais (CAD), voltou a ser bem sucedida nos pares mistos. Ao lado de Tiago Filipe Silva, com quem já tinha ganho o título no Campeonato Nacional de Sub 18, há uma semana, a maiata derrotou Sofia Pinto e Filipe Grebentsov, do Clube de Ténis Paço do Lumiar, por 6-4 e 6-0.

Pelo meio jogou-se a final de singulares masculinos, que voltou a sorrir a Henrique Rocha (ET Maia). O principal favorito reencontrou Diogo Morais (CIF), com quem já tinha discutido o título de campeão nacional de sub 14, há dois anos, e voltou a ser superior, aplicando os parciais de 6-1 e 6-0 para selar da melhor forma possível uma semana feita de cinco vitórias em parciais diretos.

“Foi muito bom jogar o Campeonato Nacional e conseguir ganhar, ainda por cima sendo aqui no Jamor, que é onde eu treino atualmente. Fiz um excelente torneio, consegui melhorar ao longo dos encontros e estou muito feliz”, afirmou o jovem maiato de 16 anos depois do triunfo decisivo. 

Um ano depois da primeira vitória no escalão, Henrique Rocha entrou nesta semana como “o jogador a abater” e não escondeu que a pressão o abalou, mas “soube lidar muito bem com isso, joguei bem com a pressão e no final até esteve a meu favor”.

Campeões nacionais de sub 16:

— Singulares femininos: Matilde Jorge
— Singulares masculinos: Henrique Rocha
— Pares femininos: Mafalda Guedes e Matilde Morais
— Pares masculinos: Tiago Pereira e Henrique Rocha
— Pares mistos: Mafalda Guedes e Tiago Filipe Silva

Bola Amarela