Gonçalo Oliveira exibe ténis de grande qualidade mas acaba derrotado à primeira no Australian Open

Gonçalo Oliveira, um dos quatro representantes portugueses esta semana em Melbourne Park e 202.º do ranking ATP, exibiu um ténis de elevado nível mas acabou afastado na primeira ronda da fase de qualificação do Australian Open, naquela que foi a segunda participação em torneios do Grand Slam na sua ainda curta carreira, depois do US Open em 2017, em que também perdeu na estreia.

A defrontar o nono cabeça de série da qualificação, Oliveira cedeu para o cazaque Alexander Bublik, ex-top 100 mundial e atual 115.º ATP, pelos parciais de 3-6, 6-1 e 3-6, ao cabo de 1h39. O portuense de 22 anos ainda liderou com break de vantagem na terceira partida, mas Bublik mostrou-se mais assertivo nos momentos importantes para rubricar o triunfo. O tenista luso segue agora para a Califórnia para disputar o seu próximo torneio – de categoria Challenger.

Quanto à representação portuguesa no qualifying australiano fica agora a cargo de Gastão Elias, João Domingues e João Monteiro, que jogam todos na madrugada desta quarta-feira.

Foto: DGW Comunicação