Gonçalo Oliveira arrasa em 41 minutos e conquista quarto título ‘challenger’ de pares da carreira

Por Pedro Almeida - 23 Fevereiro, 2019

Gonçalo Oliveira, portuense de 24 anos, mostrou este sábado a razão pela qual é um dos melhores jogadores portugueses da atualidade na variante de pares. O pupilo e filho de Abílio Oliveira, 118.º ATP na vertente, sagrou-se campeão do torneio de Banguecoque, na Tailândia, e conquistou o seu quarto título challenger da carreira, primeiro em 2019.

Numa final de sentido único, resolvida ao cabo de curtos 41 minutos, Oliveira e o seu parceiro chinês, Zhe Li, derrotaram o espanhol Enrique Lopez Perez e o japonês Hiroki Moriya, pelos parciais concludentes de 6-2 e 6-1, e defenderam com sucesso o estatuto de terceiros cabeças de série.

Recorde-se que, na época transata, Gonçalo Oliveira, que com esta vitória aproxima-se do top 100 ATP, já havia conquistado três títulos challenger de pares, nomeadamente em Kobe, no Japão,  em Shymkent, no Cazaquistão, e em Ostrava, na República Checa.

No cômputo geral, este é o 27.º título de pares para Gonçalo Oliveira, contabilizando os triunfos em provas de categoria future.

Pedro Almeida