Goffin radiante: «Quando estou no meu dia nenhum tenista me quer defrontar»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Outubro 4, 2022

David Goffin protagonizou uma enorme surpresa, ao derrotar Carlos Alcaraz na primeira ronda do ATP 500 de Astana. O belga levou a melhor em apenas dois sets, isto quando vive um momento difícil da carreira, algo que faz com que tudo se torne ainda mais importante.

RADIANTE COM O TRIUNFO

Uma vitória contra o número um do Mundo é sempre especial, ainda mais quando o fazer com um nível de jogo excelente como o que tive hoje. Estou muito feliz por esta vitória. Sempre soube que tinha nível para criar problemas a qualquer tenista, incluindo os melhores do Mundo. Claro que não estou no meu melhor momento e o meu ranking mostra isso, mas quando estou no meu dia sei que nenhum jogador me quer defrontar. Sempre acreditei nisso.

CHAVE DA VITÓRIA

Quando defrontas o número um do Mundo num court central, perante bancadas cheias, agigantas-te e sabes que estás no momento certo para surpreender. Quando saiu o quadro, disse a mim mesmo que tinha tido muito azar por calhar com o Carlos. Era difícil, mas não era impossível. Tentei pressioná-lo desde o primeiro momento, sem nada a perder e com a hipótese de lutar pelo encontro. Hoje percebi que se o meu ténis estiver assim ainda sou capaz de alcançar grandes feitos.

CHOQUE! Goffin surpreende Alcaraz na primeira ronda em Astana

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.