Gastão Elias e o regresso após lesão que o afastou dois meses: «Senti-me bem dentro do campo»

Por Pedro Almeida - 20 Julho, 2019

Recuperado da lesão na perna que o afastou da competição durante cerca de dois meses, Gastão Elias está de regresso e esta semana só foi travado nos quartos de final do torneio challenger de Nur-Sultan, no Cazaquistão. À procura da sua melhor forma, o agora número seis português e atual 343.º ATP mostrou-se  naturalmente satisfeito por ter feito “quatro bons encontros”.

“Faço um balanço muito positivo. Consegui fazer quatro bons encontros mesmo depois de estar dois meses sem competir”, começou por dizer, ao ‘Bola Amarela’, o lourinhanense de 28 anos, admitindo que se sentiu “bem dentro do campo”.

“Mais importante do que tudo é o meu corpo ter aguentado bem os quatro encontros. Fiquei feliz por isso, porque sei que se estiver bem fisicamente os resultados vão aparecer”, sublinhou o jogador português que, apesar da derrota nos quartos de final, deu muito trabalho ao primeiro cabeça de série da competição, o russo Evgeny Donskoy, ex-top 100 mundial e atual 126.º ATP, antes de perder por 6-4 e 7-6(4).

Já na próxima semana, Gastão Elias, que com este resultado no Cazaquistão deverá ascender mais de 20 lugares na tabela ATP, vai disputar o evento de Tampere, na Finlândia, também de categoria challenger, assim como os compatriotas Pedro Sousa e Gonçalo Oliveira.

Pedro Almeida