Fritz: «No final do encontro deu-me vontade de chorar»

Por José Morgado - Julho 6, 2022
fritzzzz

Taylor Fritz, de 24 anos, passou esta quarta-feira ao lado de uma grande oportunidade para atingir a sua primeira meia-final em torneios de Grand Slam. O tenista californiano liderou por 2-1 em sets diante de um Rafael Nadal limitado com uma lesão abdominal, mas não conseguiu vencer e isso deixa-o naturalmente… desiludido.

VONTADE DE CHORAR NO FINAL

Foi um encontro muito duro. Fiz coisas bem, outras mal. Em certos momentos devia ter tomado a iniciativa mais vezes e deixei que ele tomasse. Esta derrota dói mais do que todas as outras que já tive. No final do encontro deu-me vontade chorar.

LESÃO DE NADAL

Quando ele estava visivelmente mais afetado, no segundo set, eu deixei de ser ofensivo. Depois ele começou a melhorar, a correr mais, a servir melhor e deixei de pensar que ele estava lesionado. Porque jogámos pontos incríveis.

PIOR PARA ELE DEFRONTAR NADAL EM RELVA

Prefiro responder ao serviço do Rafa em rápido do que em relva. Para mim é mais fácil. Aliás, hoje tive mais dificuldades em responder-lhe ao serviço quando ele começou a servir mais devagar.

COMO REAGIR A ESTA DERROTA

Quartos-de-final de Grand Slam não são um mau resultado, tenho de pensar dessa forma. Mas queria muito ganhar este encontro.

Nadal resiste a Fritz e à lesão para regressar às meias-finais de Wimbledon

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.