Fritz ainda nem acredita: «Federer era o número um quando eu tinha oito anos…»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Setembro 25, 2022

Ninguém conseguiu ficar indiferente ao momento histórico que se viveu na passada sexta-feira. Roger Federer retirou-se de forma apoteótica, com as emoções ao flor da pele para todos aqueles que assistiram. Imagine estar mesmo no court, como aconteceu com Taylor Fritz, que ainda não acredita em tudo aquilo que sentiu e viu acontecer.

“Foi uma loucura, algo que pensas que nunca vai acontecer. Federer era o número um quando eu tinha oito anos… Foi super emotivo vê-lo a chorar e a abraçar toda a gente”, confessou Fritz, que terminou o fim-de-semana em grande festa, já que o Mundo conquistou a Laver Cup pela primeira vez em cinco tentativas.

Obrigado, Roger! Federer perde no adeus mas despede-se de coração cheio ao lado de Nadal

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.