Frederico Silva vence batalha de quase três horas e aproxima-se do quadro principal em Acapulco

Por José Morgado - Março 15, 2021
silva

Frederico Silva, número três português e 173.º colocado do ranking ATP, continua a viver, a poucos dias de celebrar 26 anos, o melhor momento da sua carreira, não apenas no que diz respeito ao seu nível de jogo, mas também em termos de resultados. O caldense, único português da história a ter vencido torneios de Grand Slam (US Open 2012 e Roland Garros 2013 em pares juniores), qualificou-se este domingo ao final da noite para a terceira e última ronda da fase de qualificação do ATP 500 de Acapulco, no México, após alcançar mais uma excelente vitória.

Na segunda ronda da qualificação em Acapulco, Kiko Silva derrotou o alemão Cedrik Marcel Stebe, ex-top 100 mundial e atual 133.º da hierarquia ATP, por 6-4, 3-6 e 6-3, num encontro muito exigente em termos físicos, resolvido em apenas 2h51 e depois de muitos altos e baixos de ambos os lados.

Em busca de um lugar na fortíssima grelha de jogadores que foram até ao México jogar este torneio, o caldense vai defrontar um rival muito complicado: trata-se do prodígio italiano Lorenzo Musetti, jovem de 19 anos que ocupa o 120.º posto ATP.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.