Frederico Silva e a final do qualifying do Australian Open: «Estou confiante de que posso vencer»»

Por José Morgado - Janeiro 12, 2021
frederico-silva3
FOTO FPT

Frederico Silva, número 181 do ranking mundial, está a apenas um passo de, aos 25 anos, se qualificar pela primeira vez na carreira para o quadro principal de um torneio de Grand Slam. Esta terça-feira, o caldense ultrapassou mais um obstáculo no qualifying do Australian Open (Nikola Milojevic), em Doha, e no final do encontro mostrou-se naturalmente feliz.

“Foi um encontro complicado como já esperava. Um adversário que me ia causar grandes dificuldades. Ficou ainda mais complicado quando demorei muito tempo a entrar no encontro. À noite custou-me um pouco mais habituar, estava frio, condições mais lentas, sem sol e com luzes. Mais difícil ler a bola e focar a bola. Não foi fácil adaptar, mas procurei manter-me confiante e tranquilo que de ia acabar por consegui subir o meu nível e foi o que aconteceu. Virei para mim e a partir daí joguei bem”, confessou-nos minutos depois de triunfar no Qatar.

Entre Kiko e uma vaga no avião rumo a Melbourne está o francês Gregoire Barrére, primeiro cabeça-de-série da qualificação e 110.º ATP. “Espero mais um encontro bastante difícil. Ele tem mais experiência neste tipo de encontros, mas estou motivado e com confiança de que posso fazer um bom jogo e sair com uma vitória. Vou analisar os jogos do meu adversário para saber o que tenho de fazer em campo e o mais importante é vencer e confio que se fizer um bom jogo posso vencer”.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.