Fish escuda-se das críticas após eliminação na Davis: «Ninguém quer ganhar mais do que eu»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Novembro 24, 2022
DAvis cup Mardy fish
Fonte: Davis Cup Finals

Os Estados Unidos chegaram aos quartos-de-final das Davis Cup Finals a prometer muito, mas ficaram pelo caminho logo diante de uma Itália que até estava desfalcada das suas principais figuras, Jannik Sinner e Matteo Berrettini. A decisão chegou no par, sendo que Mardy Fish não se arrependeu de ter deixado Rajeev Ram, número três do Mundo na variante, de fora da convocatória.

“É a minha escolha, foi a equipa que nomeei. Se alguém tiver um problema com isso, é a minha decisão. Queria muito ver esta equipa junta. Estes jogadores são o presente e o futuro da nossa equipa, não é só o ranking que importa”, atirou.

Por outro lado, garante que quer tomar as decisões certas para levar os Estados Unidos ao título. “Sonego foi o melhor jogador da eliminatória. É bastante dececionante. Quero muito ganhar a Taça Davis há muito tempo, tanto como jogador e como capitão. Ninguém quer ganhar mais do que eu, mas não vai ser este ano. Eles foram melhores do que nós”, resumiu.

Sem Sinner nem Berrettini, Itália surpreende Estados Unidos rumo às ‘meias’ na Davis

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.