Federer: «Estou totalmente em paz comigo, sei que o que acontecer vai ser bom»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Agosto 13, 2021

Será que o fim da carreira de Roger Federer está mais próximo do que pensamos? O campeoníssimo suíço, agora com 40 anos, está a viver uma fase complicada, com a lesão no joelho direito a voltar a dar problemas. E a verdade é que, numa entrevista em que abriu muito o jogo, o helvético deu algumas dicas de que está pronto para qualquer decisão que tenha de tomar brevemente.

“É preciso adaptar-me, não há outra opção. Foi sempre assim na minha carreira. Mas as coisas mudaram: o grau de consciência, os acertos, as experiências, a minha identidade. Agora sou um rapaz tranquila que leva as coisas com sentido de humor. Tento ver sempre o lado positivo e se algo não for bom nesse momento, sei que com o tempo vai melhorar ou que podia ser muito pior. Estou bem, a minha família está saudável, fiz 40 anos e estou no ativo. Quem tinha pensado em algo assim? Eu nunca! Estou totalmente em paz comigo, sei que o que acontecer vai ser bom”destacou, em conversa com o ‘Blick’.

Noutro registo, Federer falou sobre a sua mais recente festa de anos e deixou escapar que tentou a sorte… no karaoke e na pista de dança. “Foi algo grandioso! É sempre fácil passar tempo com a família, as crianças, a Mirka e os meus pais. Celebrámos o aniversário com amigos e até me diverti com o karaoke, embora tenha estado incrivelmente mal. Pensei que ia cantar muito melhor, mas não. Onde me podes encontrar sempre é na pista de dança, preferencialmente quando não está lá mais ninguém para não gravarem e meterem na internet. Foi bom acordar de manhã no dia seguinte e sentir que está tudo igual, essa sensação aliviou-me”sustentou.

Pedro Gonçalo Pinto