Federer conquista 10.º título em Basileia e 103.º da carreira

Por José Morgado - Outubro 27, 2019
federer-xangai
Foto: Rolex Shanghai Masters

Roger Federer, de 38 anos, voltou a mostrar este domingo — e esta semana — que a idade é mesmo apenas um número e conquistou o seu 103.º título da carreira em singulares no ATP 500 de Basileia, a cidade onde nasceu. O suíço, que conta agora com quatro troféus em 2019 (depois de Dubai, Miami, e Halle), vence o maior torneio do seu país pela 10.ª vez desde 2006, quando ganhou aqui o seu primeiro troféu na prova.

Numa final sem grande história, o suíço, número três ATP, voltou a jogar muito para derrotar o jovem australiano Alex De Minaur, de 20 anos e que na segunda-feira vai estrear-se no top 20 mundial, por 6-2 e 6-2, num encontro que De Minaur, melhor jogador do seu país… nem jogou mal, mas acabou derrotado em pouco mais de uma hora.

Federer, que em Xangai tinha sido ultrapassado por Daniil Medvedev na Corrida para Londres, volta a assumir o estatuto de terceiro melhor jogador do ano e deve decidir nas próximas horas se joga ou não o ATP Masters 1000 de Paris. A julgar pelo seu nível esta semana, as hipóteses parecem boas…

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.