Época de terra batida deve ser cancelada esta quarta ou quinta-feira

Por José Morgado - Março 18, 2020
madrid

É uma notícia que está iminente: o ATP e o WTA devem reagir nas próximas horas ao recente adiamento de Roland Garros com o cancelamento de toda a temporada de terra batida, tendo em conta que os principais torneios que ainda sobram — Roma e Madrid — são realizados nas capitais dos dois países mais afetados pelo coronavírus num período temporal inferior a dois meses.

Espera-se que ambas as nações já se encontrem em recuperação nessa altura, mas é irrealista pensar que haverá condições para se jogar eventos dessa magnitude nas datas em estão previstas — primeira quinzena de maio.

A confirmar-se que a temporada é suspensa até à relva, estes seriam os torneios cancelados:

WTA

– Madrid

– Roma

– Estrasburgo

– Rabat

ATP

– Estoril

– Munique

– Madrid

– Roma

– Lyon

– Genebra

Em comunicado conjunto que deverá ser publicado ainda esta quarta-feira ou, no limite, na manhã de quinta, os dois principais circuitos profissionais deverão apontar como data de regresso a temporada de relva, que arranca a 8 de junho, sendo que sobram também muitas dúvidas em relação àquilo que vai acontecer com os rankings e a eventual qualificação olímpica, numa altura em que os Jogos ainda se mantêm de pé.

O ‘deadline’ de apuramento olímpico é precisamente a 8 de junho e será condicionado consoante o que os respetivos circuitos decidam fazer com os rankings.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.