Dois tenistas entre os 10 atletas mais dominantes de 2018

O que é que Novak Djokovic e Simona Halep têm em comum, além de serem os atuais líderes dos respetivos circuitos? Estão ambos entre os 10 atletas mais dominantes do ano, segundo a ESPN.

Para a cadeira de televisão norte-americana, os dois jogadores de ténis alcançaram feitos que estão para lá do alcançável pela esmagadora maioria dos seus colegas de profissão.

Assim sendo, o sérvio de 31 anos, que acelerou na segunda metade do ano para conquistar dois Grand Slams e recuperar o número um mundial, surge na 10.ª posição. “Este ano ficou marcado pelo regresso de Djokovic ao topo, depois de descarrilar devido a lesão, em 2017. Voltou a dominar depois das vitórias em Wimbledon e no Open dos Estados Unidos. Depois de sair do top 20, em maio, recuperou terreno para terminar o ano como número um. E alcançou tudo isso enquanto perseguia a história. Com 14 títulos do Grand Slam, Djokovic está empatado no terceiro lugar [com Pete Sampras]”.

Já a romena de 27 anos, surge uma posição acima, no 9.º posto. “Este foi o ano em que Halep, de 27 anos, conseguiu vencer o seu primeiro torneio do Grand Slam, em Roland Garros, depois de falhar por pouco o Open da Austrália. Começou e terminou o ano como número um mundial, registando um recorde de 46-8”.

Conheça o top 20 dos atletas mais dominantes de 2018.