Djokovic radiante na Laver Cup: «Não podia faltar a um momento histórico como este»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Setembro 22, 2022

Novak Djokovic fez parte de uma conferência de imprensa de luxo na Laver Cup e mostrou-se muito feliz por poder estar na equipa da Europa para a despedida de Roger Federer. Mas o sérvio também comentou, por exemplo, o título que Carlos Alcaraz conquistou no US Open.

COMO A LAVER CUP É ESPECIAL

É um sentimento diferente do que temos quando jogamos torneios individuais. Não interagimos tanto, não temos tempo fora do court, o que torna a Laver Cup única. Rimo-nos muito durante o jantar de ontem e acho que o ambiente e a química que se criaram nesta equipa é algo que nos vai ajudar a estar bem. É sempre bom estar com eles em sítios diferentes do court.

EMOÇÃO NO ADEUS DE FEDERER

Foi uma grande emoção saber que estava na equipa, sabendo que esta será provavelmente a primeira e última vez que estaremos todos juntos. É um grande privilégio e honra estar nesta equipa. No início da minha carreira perdi a maioria dos encontros contra Roger e Rafa nos Slams, algo que ajudou a criar o jogador que sou. Não podia faltar a um momento histórico como este. É uma celebração da sua carreira desportiva. Estou muito agradecido por ter pertencido a esta era, o legado do Roger vai viver para sempre.

TÍTULO DE ALCARAZ NO US OPEN

É triste que eu não tenha podido jogar, mas foi a decisão que tomei e tenho de aceitar as consequências. Só posso dar os parabéns a Alcaraz por ter ganho o US Open. É incrível o que conseguiu. É uma grande adição ao nosso desporto. Não podemos falar dele como o futuro porque já é o presente.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.