Djokovic: «O que ele fez no tie-break do terceiro set foi surreal»

Por José Morgado - Novembro 21, 2020
djokovic-thiem-londres

Novak Djokovic, número um do Mundo, foi eliminado este sábado nas meias-finais das ATP Finals diante de Dominic Thiem, numa batalha de loucos. O sérvio de 33 anos venceu o segundo set depois de salvar quatro match points, ainda liderou por 4-0 no tie-break da terceira partida, mas depois viu o austríaco de 27 anos dar a volta de maneira incrível. Para o sérvio, houve mais mérito de Thiem do que demérito seu.

“O que ele fez no tie-break do terceiro set, a partir do 0-40, foi surreal. Eu não joguei mal. Falhei pouco e penso que coloquei todos os meus primeiros serviços. Ele destruiu a bola, acertou nas linhas, nos cantos e pelo meio ainda utilizou os slices e alguns ângulos muito bem feitos. Que poderia fazer eu naquele momento? Estive muito perto de vencer mas ele ‘roubou-me’ a vitória. Mereceu vencer”, desabafou o sérvio, que termina a época com apenas cinco derrotas, uma das quais por desqualificação.

Djokovic, que venceu este torneio pela última vez em 2015, ano em que venceu pela quarta vez vez seguida, comentou o facto de não vencer desde então. “É normal: não se pode ganhar sempre…”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.