Djokovic: «Joguei extremamente bem. Estou satisfeito com o meu rendimento»

Por Tiago Ferraz - Janeiro 22, 2020
djokovic-ao
Imagem: Twitter Australian Open

O tenista sérvio Novak Djokovic garantiu, esta quarta-feira, um lugar na terceira ronda do Australian Open após ter vencido Tastuma Ito num encontro fácil para o número dois mundial.

No final do encontro Djokovic referiu o que esteve na origem da sua vitória e falou das condições de jogo do Australian Open:

«Não acho que os jogadores desfrutem deste tipo de condições. É o que é. Tens que te adaptar. Entrei no encontro e joguei extremamente bem no início. Em geral, estou satisfeito com o meu rendimento. Era o meu primeiro encontro diante  do Ito. Não o vi jogar muitas vezes antes. Falei com a minha equipa e analisei um pouco o seu jogo. A partir daí, o meu serviço funcionou extremamente bem, já tinha sido assim na primeira ronda. É algo que eu trabalhei na pré-temporada. Essa é uma das prioridades: tentar ganhar vantagem e ganhar muitos pontos fáceis com o primeiro serviço», disse.

Novak Djokovic falou ainda, entre outros assuntos, do que seria se não fosse tenista profissional e a resposta foi, no mínimo, curiosa:

«Provavelmente praticaria outra modalidade porque venho de uma família desportiva. Cresci nas montanhas, esquiei quando era mais jovem. O meu pai era profissional do Esqui assim como a maioria da minha família. Provavelmente estaria nas pistas de esqui agora mesmo algures na Europa», afirmou.

O tenista sérvio vai agora jogar com Yoshihito Nishioka que eliminou Daniel Evans.

Tiago Ferraz