Djokovic e as críticas por diretos polémicos: «Não queria ofender»

Por Tiago Ferraz - Junho 10, 2020
novak-djokovic

O tenista sérvio e número um mundial Novak Djokovic deu uma entrevista ao Podcast sérvio Wish and Go onde falou, de forma tranquila, sobre a reação que os seus diretos do instragram despoletaram no público.

“Eu só partilhava o meu ponto de vista, à base da minha experiência. Se as pessoas puderem aprender algo acho que isso é bom.  Sempre apresentei as ideias referindo-me a mim próprio unicamente. Não digo às pessoas: – “tens que beber isto, tens que comer aquilo e pensar desta forma”.

Novak Djokovic prosseguiu e até colocou a hipótese de não se envolver em assuntos desta natureza, mas explica o motivo por que o faz:

“Alguém podia dizer – Por que é que te metes onde não és chamado? – Sinto que tenho que o fazer. Se alguém se sentiu ofendido, peço desculpa publicamente. Não era a minha intenção ofender. O meu único objetivo é utilizar uma plataforma para transmitir a minha própria experiência, as coisas que ouvi e aprendi. Apenas tentei ser o narrador, o anfitrião, alguém que faz uma entrevista e pergunta sobre a profissão dessa pessoa. Simplesmente continuo com a conversa, dou a minha opinião pessoal e dou a conhecer as minhas experiências sendo que estou consciente que as coisas que eu digo podem não agradar a todos. Esse não é o meu objetivo. Sabia que teria reações, fossem negativas ou positivas. Como é que eu reajo a isto? Não posso dizer que não me afeta quando as pessoas me condenam ou acusam de propagar informação negativa que afeta a saúde de uma pessoa. Nunca procurei atacar ninguém. Tento apenas mostrar a minha visão construtiva da nutrição”, disse, citado pelo Punto de Break.

 

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.