Djokovic desvaloriza estado da relva: «Não me importo de cair se continuar a ganhar»

Por Nuno Chaves - Junho 30, 2021
Foto: EPA

Novak Djokovic voltou a passear no Central Court do All England Club e apurou-se facilmente para a terceira ronda de Wimbledon.

O encontro frente a Kevin Anderson ficou marcado por algumas quedas do número um mundial, o que veio reforçar a tese do mau estado da relva. Ainda assim, Djokovic parece tranquilo.

“Não creio que se trate da qualidade dos courts. Esteve a chover durante estes dias, no primeiro dia o facto de se ter jogado indoor afetou mais devido à humidade. Venho aqui depois de jogar terra batida e as condições são totalmente diferentes. À medida que for avançando vou tentar cair menos mas não me importo de cair se o resultado continuar a ser a vitória”, confessou em conferência de imprensa.

Quanto aos seus objetivos, Nole não esconde o jogo. “Espero alcançar o topo dos torneios do Grand Slam no nosso desporto. Já disse diversas vezes. Nesta altura da minha carreira os Grand Slams são os torneios que mais me importam. Claro que os Masters 1000 e ATP Finals são importantes para tentar manter o número um, ainda assim, não escondo que o meu objetivo é jogar bem nos Grand Slams e Jogos Olímpicos”, concluiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.