Djokovic despacha Struff e caminha de olhos postos no ouro nos Jogos Olímpicos

Por Pedro Gonçalo Pinto - Julho 26, 2021
djokovic

Com muita calma e sem grande stress, Novak Djokovic já está nos oitavos-de-final dos Jogos Olímpicos. De olhos postos no ouro que tanto ambiciona, o número um do mundo colocou-se a quatro vitórias de alcançar esse objetivo, depois de somar um novo triunfo rotineiro, embora com um pouco mais de trabalho, desta feita diante do alemão Jan-Lennard Struff. O sérvio foi testado em algumas ocasiões mas, como tantas vezes acontece, deu resposta nos momentos cruciais para fugir com a vitória na mão.

Djokovic bateu o perigoso 48.º do ranking ATP com os parciais 6-4 e 6-3, ao cabo de 1h16, num encontro em que a primeira oportunidade de break até surgiu para Struff. O alemão teve essa hipótese a 1-1, mas não a aproveitou, enquanto se foi mantendo estável no serviço… até Nole quebrar em branco com 5-4 no marcador. A segunda partida começou bem para Djokovic, com novo break, sendo que Struff ainda conseguiu anular essa desvantagem, antes de o campeão de Australian Open, Roland Garros e Wimbledon disparar novamente rumo ao triunfo.

Desta forma, o sérvio já está nos oitavos-de-final e prepara-se agora para defrontar um cabeça-de-série pela primeira vez nesta edição dos Jogos Olímpicos. Trata-se do espanhol Alejandro Davidovich Fokina (34.º ATP), carrasco de Pedro Sousa na ronda inaugural, que alcançou um excelente triunfo ao bater o australiano John Millman, por 6-4, 6-7(4) e 6-3.

Outro candidato às medalhas que também seguiu em frente foi Pablo Carreño Busta. O 6.º cabeça-de-série teve de lutar muito e reagir à perda do primeiro set, mas acabou mesmo por ultrapassar o croata Marin Cilic, num encontro que acabou com os parciais 5-7, 6-4 e 6-4, marcando embate com Dominik Koepfer ou Max Purcell nos oitavos-de-final.

Pedro Gonçalo Pinto