Diretor de Roterdão lamenta não ter Federer mas assegura contar com a melhor esquerda a uma mão

Richard Krajicek, antigo campeão de Wimbledon e atual diretor do ATP 500 de Roterdão, lamentou o facto de não ter conseguido contratar — pelo menos para já — para a edição de 2019 nomes como Roger Federer, campeão em título, ou Novak Djokovic, o jogador que para Krajicek é o melhor de todos os tempos.

“Estou contente por apresentar um elenco de grandes craques para a edição de 2019, com o regresso do Stan Wawrinka, campeão de 2015 e porventura o tenista com a melhor esquerda a uma mão do Mundo“, disparou o holandês.

Recorde-se que o ATP 500 de Roterdão vai contar com três dos atuais top 10 no próximo mês de fevereiro.