Digno de um filme: Djokovic, Nadal e Federer podem jogar Australian Open com 20 Grand Slams

Por Pedro Gonçalo Pinto - Setembro 13, 2021

Novak Djokovic perseguia um momento absolutamente histórico e que o iria eternizar na história do desporto. No entanto, Daniil Medvedev tinha outros planos e estragou o Grand Slam de calendário do número um do mundo para se estrear nos títulos em Majors. No entanto, a verdade é que o facto de o russo ter conquistado o US Open abre a porta a um momento marcante no ténis. É que, pela primeira vez, poderemos ter o Big Three a competir num torneio do Grand Slam, com os três empatados com 20 títulos!

Esse cenário pode tornar-se realidade no Australian Open, embora esteja apenas no plano teórico por agora. É que, sendo praticamente certo que Djokovic vai lá estar, o mesmo não se pode dizer de Rafael Nadal e Roger Federer. O espanhol recupera de uma lesão crónica no pé esquerdo, enquanto o suíço foi novamente operado ao joelho direito, pelo que não se sabe quando irá voltar à competição. De qualquer das formas, abre-se a porta a algo absolutamente histórico, com essa corrida pelo 21.º título do Grand Slam a poder juntar o Big Three, ao contrário do que aconteceu no US Open.

Pedro Gonçalo Pinto