Covid-19: Serena doa mais de 4 milhões de máscaras a escolas dos EUA

Por Tiago Ferraz - Agosto 1, 2020
serena-auckland

A campeoníssima norte-americana Serena Williams teve uma excelente iniciativa no que ao combate ao coronavírus diz respeito.

Serena Williams anunciou nas redes sociais que, numa parceria com a National School Board Association e a Bella + Canvas, vai doar mais de quarto milhões de máscaras para os jovens que vão voltar à escola nos Estados Unidos, que é um país que tem sido fustigado com novos casos do vírus.

O objetivo passa por distribuir por mais de 115 mil escolas nos Estados Unidos e colocará mais ênfase naquelas que são mais necessitadas. Através do programa #masksforkids muitas escolas terão a oportunidade de aceder a este material e terão máscaras de forma segura.

“Estou muito agradecida por ter oportunidade de ajudar a educar as nossas escolas sobre estes recursos que são necessários e também por ter a oportunidade de ajudar tantos estudantes”, revela.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Getting back to school this fall means having #masksforkids to wear. I’m teaming up with @bellacanvas, the National School Board Association and @scholasticinc to donate 4.25 million masks to underserved schools and provide educational materials about masks to 54 million students and all 115,00 schools in the United States. Through the #MasksForKids program, schools can access affordable masks and educational materials, quickly. In addition to donating 4.25 million masks, another mask will be donated for each one purchased by the schools. I’m grateful to be able to help educate our schools about this resource, and to be given the opportunity to serve so many students.

Uma publicação partilhada por Serena Williams (@serenawilliams) a

  • Categorias:
  • WTA
Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.