Corretja: «Quando Federer sentir que não pode ganhar Grand Slams… acaba a carreira»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Junho 24, 2021

Muitos se questionam sobre quando é que Roger Federer vai pendurar as raquetes e colocar um ponto final numa carreira histórica. Para Alex Corretja, esse momento não tem uma data definida… mas deverá aparecer quando algo começar a acontecer com o campeoníssimo suíço: deixar de conseguir lutar pelos grandes torneios.

“Federer é o exemplo de como é difícil voltar ao melhor nível depois de uma lesão grave. Imagina fazer isso com 39 anos. Tudo o que vier para ele agora será uma prenda para ele e para os que amam o seu ténis. É jogar o melhor uqe conseguir e nós vamos estar de fora a apoiar sempre. Mas temos de aceitar a realidade e ele é que sabe o que fazer com a carreira. Se vir que está preparado para voltar ao melhor nível, vai continuar. Mas quando sentir que não pode ganhar Grand Slams e não está ao nível que quer… então penso que acaba a carreira”, confessou o agora comentador do Eurosport.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.