Carreño venceu duelo titânico e Espanha inicia defesa do título com vitória

Por José Morgado - Novembro 26, 2021
pablo-carreno

Sem Rafael Nadal, Roberto Bautista Agut e nem mesmo Carlos Alcaraz, a Espanha, campeã em título da Taça Davis, entrou esta sexta-feira na edição de 2021 das Finals com uma vitória fundamental diante do Equador, na primeira jornada do Grupo A da competição de seleções de ténis mais importante do Mundo.

Depois do triunfo de Feliciano López no primeiro singular — derrotou Roberto Quiroz em dois sets, aos 40 anos — Pablo Carreño Busta, o melhor tenista espanhol presente em Madrid e 20.º ATP, teve de suar muito para confirmar o seu favoritismo diante do equatoriano Emílio Gomez, 149.º ATP e filho do antigo campeão de Roland Garros Andres Gómez, por 5-7, 6-3 e 7-6(5), em 2h40 de batalha.

A Espanha ainda vai defrontar a favorita Rússia no domingo, pelo que derrotar o Equador — de preferência sem perder encontros — é fundamental nas aspirações dos campeões.

 

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.