Cada vez mais difícil: disputar Australian Open é uma miragem para Federer

Por Bola Amarela - Novembro 15, 2021

As dúvidas parecem estar cada vez mais dissipadas no que diz respeito à participação de Roger Federer no Australian Open. A recuperar de mais uma operação, o campeoníssimo suíço não deve mesmo competir no primeiro Grand Slam de 2022, algo que Ivan Ljubicic explicou de forma muito clara.

“Há muitas poucas hipóteses. Ele ainda está a recuperar e, conhecendo-o, só quer jogar se puder ganhar o torneio e estar a 100 por cento. Por isso, o Australian Open não é uma possibilidade real neste momento. Mas ele vai passo a passo porque tem 40 anos e tem de ser paciente. Não pode recuperar tão rápido como antes”, sublinhou o treinador do suíço.

No entanto, Ljubicic não tem dúvidas de que, tal como tinha afirmado à Sky, Federer ainda não colocou um ponto final na carreira. “Já falámos e posso garantir que ele quer voltar a jogar ténis. Quando decidir parar retira-se, mas isso não vai acontecer de repente”, apontou.

Bola Amarela